Cortes de Cima Incognito 2012

Alentejo Tinto

Syrah
Tinto encorpado
Servir a 16º-18º
Assados, Caça
Potencial de Envelhecimento
58.50 €
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 12
iva incluído
92 Pontos na Wine Enthusiast; 99 Pontos Robert Parker

Estágio em Barricas: 8 Meses em Carvalho Francês

Quando Hans e Carrie Jorgensen viram Cortes de Cima pela primeira vez em 1988, souberam logo que este era o sítio que tanto procuraram. Quando viu a paisagem, Carrie lembrou– se logo da sua terra natal, a Califórnia; e o clima mediterrânico, bem diferente do frio da Dinamarca foi do agrado do Hans.

Para começar, eles decidiram fazer coisas diferentes, como plantar castas tintas numa área tradicionalmente de brancas. Deste modo introduziram o Syrah (na altura não aprovado) e um sistema de condução da vinha bem diferente do local. Em 1998, quando engarrafaram o primeiro monocasta Syrah, tiveram alguns problemas na escolha do seu rótulo, uma vez que a casta Syrah ainda não estava autorizada na produção de “Vinho Regional”. Daí o nome “Incógnito”.

14% Vol.
Entusiasmante mistura de frutos selvagens de bago vermelho, tosta de madeira, carne e notas de alcatrão. No paladar é complexo, com um forte paladar de fruta silvestre madura e um equilíbrio cativante. Suave no início, mostrando-se firme ao longo da prova, excelente estrutura de taninos e uma agradável frescura, com boa acidez a contribuir para um longo e persistente final. Um excelente exemplo de um ano memorável, numa versão elegante e bem estruturada do Incógnito. Manter-se-á grandioso por pelo menos 10 anos.
Herdade Cortes de Cima

Em 1988, um casal constituído por um dinamarquês e uma americana partiram num veleiro à procura de um lugar para criar uma família, plantar uma vinha e produzir vinho... e assim começa a história das Cortes de Cima, a propriedade familiar que é, atualmente, uma das principais adegas portuguesas.

Tirando partido do abundante sol alentejano nas vinhas, os vinhos desta adega são encorpados, repletos de fruta e equilibrados por taninos suaves e maduros.

As vinhas estendem-se, atualmente, por 120 hectares, e produzem as castas Aragonez, Syrah, Touriga Nacional, Trincadeira, Petit Verdot, Antão Vaz e Verdelho, mas Hans não perdeu a sua paixão por experimentar novas variedades.

Morada Herdade Cortes de Cima | Selmes
7960-189 VIDIGUEIRA
Marcas com que trabalhamos
As entregas
Portes Gratuitos
Profissionais