Quinta da Alorna Late Harvest Branco 2012 - 0,375 ml

Colheita Tardia

Servir a 10º-12º
Potencial de Envelhecimento
13.92 €
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 12
iva incluído
As uvas da casta Fernão Pires, sobre maduras, foram colhidas durante o mês de Outubro e prensadas cuidadosamente. O mosto entrou em fermentação a temperatura controlada, sendo interrompida pelo frio resultando assim num vinho doce.

Alc: 11% Vol.

Enóloga: Martta Reis Simões.
De cor dourada, tem aroma marcado por frutos tropicais maduros, compotas de citrinos e mel. A boca apresenta textura rica e untuosa.

Recomendamos servir como aperitivo ou especialmente no fim de uma refeição, acompanhando a sobremesa.

Nota: Uma vez aberto, e desde que guardado no frigorífico bem fechado, o vinho mantém a sua qualidade por 2 a 3 semanas.
Quinta da Alorna

Antes de partir para a Índia como vice-rei, D. Pedro de Almeida Portugal, 1º Marquês de Alorna, mandou construir em 1725 o palácio que viria a ser palco de grandes acontecimentos históricos e culturais que marcaram o Portugal que fomos e somos.

Atualmente, a Quinta da Alorna é composta por três empresas administradas pela quarta e quintas gerações da família Lopo de Carvalho. A Sociedade Agrícola da Alorna, que é detentora das outras empresas do grupo, foi constituída no início do Séc. XX e congrega em si as atividades agrícola e florestal.

Há cinco gerações na família Lopo de Carvalho, a Quinta da Alorna continua a ser a casa que se orgulha da sua tradição, da sua história, e dos seus produtos. Uma história cheia de histórias, ou não fosse a Marquesa de Alorna uma admirável contadora de histórias.
Marcas com que trabalhamos
As entregas
Portes Gratuitos
Profissionais