Novidade

Quinta da Alorna Arinto Chardonnay Reserva 2016

Tejo Branco

Arinto, Chardonnay
Branco encorpado
Servir a 10º-12º
Peixe, Bacalhau, Queijo
Consumo Imediato
6.99 €
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 12
iva incluído
Este vinho é uma homenagem a melhor casta branca portuguesa para muitos apreciadores, o Arinto e uma das melhores casta francesa, o chardonnay. As uvas de vindima manual são prensadas e os respectivos mostos clarificados separadamente a baixa temperatura. O Arinto fermenta em cubas inox a 15ºC e o Chardonnay fermenta em barricas novas de carvalho francês, estagiando sobre as borras finas durante 3 meses. Após o lote final o vinho é estabilizado pelo frio e filtrado antes do engarrafamento.

Alc: 13%Vol.

Enologia: Martta Reis Simões
Aroma jovem, subtil e com as notas da barrica onde o Chardonnay fermentou a salientarem-se. Muito bem na boca, largo e intenso, com muito sabor, especiarias. Conjunto que alia alguma frescura e acidez a um perfil untuoso e potente.
Quinta da Alorna

Antes de partir para a Índia como vice-rei, D. Pedro de Almeida Portugal, 1º Marquês de Alorna, mandou construir em 1725 o palácio que viria a ser palco de grandes acontecimentos históricos e culturais que marcaram o Portugal que fomos e somos.

Atualmente, a Quinta da Alorna é composta por três empresas administradas pela quarta e quintas gerações da família Lopo de Carvalho. A Sociedade Agrícola da Alorna, que é detentora das outras empresas do grupo, foi constituída no início do Séc. XX e congrega em si as atividades agrícola e florestal.

Há cinco gerações na família Lopo de Carvalho, a Quinta da Alorna continua a ser a casa que se orgulha da sua tradição, da sua história, e dos seus produtos. Uma história cheia de histórias, ou não fosse a Marquesa de Alorna uma admirável contadora de histórias.
Marcas com que trabalhamos
As entregas
Portes Gratuitos
Profissionais