Siga-nos nas redes Sociais

Harmonizações

A Arte de Decantar o Vinho

Decantar o vinho, na hora de servir o vinho, tornou-se um ato elegante e nobre. O que o processo de decantar o vinho faz, é “abrir” o vinho, tornando o vinho mais atrativo.

Publicado

em

Decantar Vinho

Decantar o vinho, na hora de servir o vinho, tornou-se um ato elegante e nobre. O que o processo de decantar o vinho faz, é “abrir” o vinho, tornando o vinho mais atrativo. Tanto em termos aromáticos e mais equilibrado como em termos de olfacto como de palato.

Mas só o facto de atravessar o líquido de um recipiente para outro, faz com que o vinho oxigene, permitindo que este “respire” conseguindo exibindo a sua riqueza aromática.

E quanto aos vinhos mais velhos, tem também como objectivo, retirar o depósito sólidos acumulados na garrafa ao logo dos anos.

O Processo de Decantar

A decantação, tem de ser feita, pelo menos 30 minutos a uma hora antes do vinho ser servido. E tem de se ter sempre a atenção da temperatura do mesmo, pois deve ser preservada a sua temperatura desde a decantação até ao serviço.

Para decantar o vinho, pode ser um ato simples, mas requer algum cuidado e até paciência. Tem de fazer escorrer lentamente o vinho pelas paredes do decantar, inclinando-o 30º, sempre num processo muito suave e num gesto único e contínuo.

Colocar alguma luz entre o gargalo da garrafa e o bocal do decantador é algo que pode fazer.

Para que consiga ver os primeiros sólidos que seguem no fluxo da decantação e parar o processo nesse momento.

Há quem use uma vela para iluminar, o que dá sempre um ar mais romântico nesta arte. Mas não é o método mais prático de se utilizar.

Decantar Vinhos Jovens

Para decantar o vinho jovens e mais robustos, pode ser feito sem grandes problemas. Isto vai sempre permitir que os taninos do vinho sejam suavizados e os seus componentes aromáticos se tornem mais exuberantes.

Decantar Vinhos Mais Velhos

Nos vinhos mais velhos, pode o fazer, caso o objetivo for servir um vinho visualmente mais limpo.

Mas caso não tenha esses pruridos, mais vale não decantar, pois corre o risco de perder a nobreza dos aromas terciários que estes vinhos apresentam com a oxigenação.

E isto é válido também para os vinhos do Porto Velhos.

Decantar Vinhos Brancos

Isto é algo que se calhar nunca ouviu, mas não se coíba de decantar os Vinhos Brancos. Sobretudo os vinhos jovens com alguma estrutura e longevidade, e se a presença da passagem pela madeira for saliente.

Certifique-se da sua temperatura, e espere uns cinco minutos até servir o vinho no decanter no copo.

Apesar de ser um momento elegante e talvez impressionável, decantar o vinho é simplesmente uma questão de prática e até de bom-senso.

Principalmente para aproveitar o seu vinho da melhor forma possível.

Continuar a ler
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Populares